Bandeira do WTC é hasteada em Kandahar

Uma bandeira americana, rabiscada com mensagens de ódio e vingança, que fora hasteada sobre as ruínas do World Trade Center, em Nova York, foi levantada hoje por fuzileiros navais em sua base aérea de Kandahar, no Afeganistão. A bandeira foi enviada pelo Departamento de Polícia de Nova York, que perdeu 23 de seus agentes nos ataques terroristas de 11 de setembro. Em uma das listras brancas da bandeira americana está escrito: "Eles levaram 23 grandes policiais. Hora de dar o troco".Os nomes dos agentes nova-iorquinos mortos, assim como dos soldados assassinados no atentado suicida ao USS Cole, no Iêmen, estão escritos nas estrelas brancas da bandeira. As listras brancas e vermelhas foram escurecidas por dezenas de mensagens escritas por oficiais de polícia, bombeiros e trabalhadores de resgate do World Trade Center."Deus te abençoe e te proteja enquanto você vinga nossos irmãos mortos. Nós não pedimos para entrar nesta briga, mas nós iremos até o fim agora", diz uma das mensagens, assinada por Mark Poster.No mês passado, um porta-voz dos fuzileiros navais de Nova York afirmou que a bandeira seria enviada ao Afeganistão "para levar um pedacinho de Manhattan, do marco zero (local das ruínas do WTC), aos fuzileiros que nunca estiveram aqui". A bandeira retornará depois ao departamento de polícia.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.