Bandeira palestina é hasteada na Unesco

Palestina torna-se oficialmente 195º país membro de instituição da ONU

O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2011 | 03h02

A bandeira quadricolor palestina foi hasteada ontem diante da sede da Unesco, alinhada com as dos demais 194 membros da organização da ONU responsável por promover a cultura, educação e ciência. A cerimônia em Paris, onde fica o escritório central da Unesco, coroou a entrada de Ramallah na instituição - um passo na estratégia para obter o reconhecimento internacional do Estado palestino.

Em 31 de outubro, países-membros da organização aprovaram a entrada da Palestina. Em retaliação, os EUA, Canadá e Israel congelaram seus repasses à instituição - um montante equivalente a 22% do orçamento da Unesco.

Debaixo de chuva, o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, participou da cerimônia de ontem ao lado da diretora-geral da organização, a ucraniana Irina Bokova. "Este é um momento histórico", afirmou Abbas durante uma recepção dentro do prédio da Unesco, na região da margem esquerda do Rio Sena.

Abbas voltou a afirmar que a Autoridade Palestina tentará ingressar em mais instituições internacionais, como forma de ter seu status global elevado. Em setembro, Ramallah iniciou uma intensa campanha para que a ONU a reconhecesse como Estado-membro. O assunto, porém, parou no Conselho de Segurança. Os EUA avisaram Abbas que vetariam qualquer projeto de resolução reconhecendo a Palestina sem o consentimento de Israel. Ramallah tampouco conseguiu apoio de nove integrantes do conselho - número mínimo para aprovar o texto. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.