Bangladesh é alvo de protestos antes de eleições

Um ativista da oposição foi morto e dezenas de cabines de votação foram atacados em Bangladesh neste sábado, na véspera de eleições que foram alvo de um boicote em massa.

AE, Agência Estado

04 de janeiro de 2014 | 09h42

Segundo a polícia, o manifestante foi morto em confrontos com partidários do partido governista Liga Awami na cidade de Patgram. O incidente ocorreu em um momento que o principal grupo de oposição Partido Nacionalista de Bangladesh convocou um protesto nacional para resistir a eleição deste domingo.

O Partido Nacionalista é o maior dos 21 partidos de oposição que se recusaram a participar das eleições parlamentares, que deverão ser vencidas pela Liga Awami.

Cerca de 150 pessoas foram mortas na onde de violência política desde outubro. A polícia e as autoridades eleitorais disseram neste sábado que os manifestantes incendiaram ou tentaram atacar 34 cabines de votação durante o primeiro dia de protesto.

Autoridades afirmaram que os ataques não atrapalham as eleições e que medidas alternativas foram criadas para que os eleitores votem nas áreas afetadas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Bangladeshpolíticaconflitos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.