Bangladesh tem primeira eleição em sete anos

Forças de segurança ocuparam as ruas de Bangladesh hoje enquanto era realizada a primeira eleição do país em sete anos, uma tentativa muito esperada de restaurar a democracia local. Foram registradas denúncias de fraude e de intimidação dos eleitores, além de conflitos entre os defensores de cada candidato que deixaram 28 feridos, de acordo com a agência local de notícias United News of Bangladesh e a rede de televisão ATN Bangla.Mais de 650 mil policiais e soldados fizeram a segurança em todo o país, para evitar violência e fraudes na nação majoritariamente muçulmana. As autoridades temiam que as eleições poderiam acabar em violência maior do que a vista durante as eleições de 2007, que levaram o poder militar a anular os votos.Ambos os candidatos líderes das eleições - os ex-primeiros ministros Khaleda Zia e Sheikh Hasina - estão enfrentando acusações de corrupção e muitas pessoas temem que as eleições não levem à reforma que o país empobrecido precisa. As autoridades já deram início à contagem dos votos, mas informações mais claras só deverão ser divulgadas na manhã de terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.