Banqueiro é acusado de violar segredo bancário

O banqueiro suíço Rudof Elmer, que entregou ao fundador do site WikiLeaks, Julian Assange, dois CDs com dados sobre a suposta evasão fiscal de ricos e famosos, foi declarado ontem culpado de violar as estritas regras do segredo bancário da Suíça. Promotores de Zurique dizem que Elmer roubou as informações sobre os clientes após ser demitido da sucursal das Ilhas Cayman e de tentar extorquir dinheiro da instituição.

, O Estado de S.Paulo

20 de janeiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.