Banzer poderá voltar à presidência, garantem médicos

Os médicos do presidente boliviano Hugo Banzer puseram fim ao debate sobre o estado de saúde dele, garantindo que o general, de 75 anos, tem condições de continuar no exercício de suas funções. Banzer sofre de um câncer de pulmão que se estendeu ao fígado, mas não se encontra em estado terminal, podendo trabalhar porque sua lucidez está preservada, disseram os médicos do hospital Militar Walter Reed, nos Estados Unidos, onde ele está internado. Após um levantamento sobre o estado de saúde de Banzer, os médicos discutiram se ele deveria ou não ceder seu posto para o vice-presidente Jorge Quiroga. O chanceler Javier Murillo de la Rocha, que está em Washington disse que na capital La Paz não se cogita, oficialmente, uma transição de governo. Mas a imprensa boliviana dá como certa a renúncia de Banzer e a transferência do poder para Quiroga, de 45 anos. O atual mandato presidencial termina em agosto do próximo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.