EFE/MICHAEL REYNOLDS
EFE/MICHAEL REYNOLDS

Obama condena ataque em Baton Rouge: 'Agressão covarde e repreensível'

Tiroteios contra policiais levaram outros departamentos dos EUA a tomar precauções adicionais

Dow Jones Newswires, Estadão Conteúdo

17 Julho 2016 | 17h16

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama condenou o ataque em Baton Rouge, no Estado americano da Louisiana, dizendo que foi uma "agressão covarde e repreensível".

"Nós podemos ainda não saber os motivos para este ataque, mas eu quero ser claro. Não há qualquer justificativa para a violência contra policiais", disse Obama, em comunicado.

"Estes ataques são obra de covardes que não falam por ninguém", disse Obama. O presidente vai fazer um pronunciamento da Casa Branca nesta tarde.

Enquanto isso, a notícia dos tiroteios contra policiais em Baton Rouge levou outros departamentos em todo o país a tomar precauções adicionais. O Departamento de Polícia de Nova Iorque instruiu todos os supervisores a passar atribuições aos policiais apenas em pares, entre outras medidas.

Mais conteúdo sobre:
BATON ROUGE TIROTEIO POLÍCIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.