Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Barbeiro de senador vira estrela

Zariff, que atende Obama há 14 anos, torna-se alvo da mídia

Patrícia Campos Melo, O Estadao de S.Paulo

04 de novembro de 2008 | 00h00

O maior sucesso da barbearia Hyde Park é o "estilo Barack" - um corte de comprimento médio, com máquina e tesoura, bem aparado dos lados e atrás. "Recebo gente dos 6 aos 60 anos pedindo o estilo Barack", diz Zariff, que cuida do visual de Obama há 14 anos. Obama corta seu cabelo com Zariff a cada duas semanas. O "estilo Barack", que leva 20 minutos e custa US$ 21, nasceu em 2004. Às vésperas do discurso da convenção democrata daquele ano, que transformou Obama em celebridade política, o senador teria dito a Zariff: "Ei, cara, eu tenho um grande discurso hoje e preciso de um corte especial." Apesar da fama e da correria, Obama sempre liga para marcar horário - não pede para a secretária fazer a ligação. Zariff já o atendeu de madrugada. "Eu me adapto à rotina dele", conta. "Obama gosta de bater papo, mas fica muito quieto quando está cansado." Obama dá boas gorjetas? "Ele não é gastador", limita-se a responder. O senador ia a pé até o salão, já que mora a cinco minutos da barbearia. Agora, com o aparato de segurança, vem de carro. "Enquanto ele está aqui, em cinco minutos, junta uma centena de pessoas lá fora, tirando foto com celular e esperando para pedir autógrafo", conta James Patrick, cliente do salão há cerca de 30 anos. Patrick faz relaxamento para deixar seus cachos mais soltos. "Fico aqui quatro horas, todas as vezes que venho, então dá para ver muita coisa, conversar com o senador", conta.A barbearia Hyde Park existe há 80 anos (13 meses no endereço atual) e ganhou fama mundial por causa de Obama. O próprio Zariff virou uma celebridade. "Foram 40 entrevistas em 3 dias", conta. Zariff é nome artístico - o barbeiro não revela seu nome de batismo. "Adotei o nome por causa do Omar Shariff."Zariff afirma que está disposto a viver na ponte aérea Chicago-Washington se Obama ganhar, para manter intacto o "estilo Barack" do novo presidente. Seu sonho agora é arrumar o cabelo de Joe Biden, que apresenta um desafio a mais - o vice da chapa de Obama fez implante capilar. "O cabelo de Joe Biden está comprido demais. As pessoas que vão ficando carecas têm mania de deixar o cabelo crescer - eu queria dar um jeito no estilo dele."ENDEREÇO CONHECIDOA alguns quarteirões do salão fica a casa de Obama. Todo mundo no bairro conhece o endereço daquele que pode vir a ser o próximo presidente dos Estados Unidos. Muhammad Ali, Louis Farrakhan e Francis Fukuyama são alguns dos famosos que moraram no bairro de Obama. A casa fica na frente de uma sinagoga e foi comprada por US$ 1,65 milhão em junho de 2005. Tem quatro lareiras, quadra de basquete e quatro garagens.O quarteirão está cercado de policiais e a calçada, bloqueada. O policial Thomas dá plantão ali há dois meses. "E não posso falar muito com as pessoas que o pessoal do serviço secreto já fica me encarando."A casa é próxima à Universidade de Chicago, onde Obama lecionou Direito Constitucional. O restaurante Medici, onde ele e a esposa sempre pedem hambúrguer durante a semana e freqüentam o brunch nos finais de semana, também fica ali. As mesas têm declarações a Obama escritas à tinta. E o restaurante também tira uma casquinha do estilo Barack, vendendo camisetas com os dizeres "Obama come aqui".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.