Barcelona seria alvo de atentado terrorista

Após a prisão de 14 radicais islâmicos, ontem em Madri, o ministro espanhol do Interior, Alfredo Perez Rubalcaba, disse que os militantes - 12 paquistaneses e dois indianos - planejavam um ataque em Barcelona. A polícia encontrou materiais explosivos em cinco endereços diferentes, incluindo computadores e quatro cronômetros regressivos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.