Barco com 60 imigrantes ilegais afunda no Mediterrâneo

Equipes de resgate da Turquia estão procurando no Mediterrâneo sobreviventes de um desastre marítimo que deixou desaparecidos 60 imigrantes ilegais. Um barco, transportando imigrantes da Jordânia, Iraque e Afeganistão, deixou o porto turco de Marmaris na noite de sábado e se dirigiu para a ilha grega do Rhodes, quando então naufragou, disse uma autoridade da Turquia. Apenas um sobrevivente foi encontrado com vida, no final da noite de sábado, agarrado a um pedaço de madeira. As equipes de resgate encontraram 13 coletes salva-vidas. A cada ano, milhares de imigrantes deixam o Oriente Médio, a Ásia e a África e passam pela Turquia a caminho de nações européias como a Grécia e a França. A Grã-Bretanha e outros países europeus têm pressionado a Turquia para ser mais firme no combate à imigração ilegal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.