Barco com até 600 imigrantes naufraga perto da Líbia

Segundo órgão da ONU para refugiados pelo menos três embarcações líbias não chegaram à Itália

Agência Estado

09 de maio de 2011 | 10h36

MILÃO - O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) disse nesta segunda-feira, 9, ter recebido informações de testemunhas segundo as quais um navio com até 600 imigrantes que tentavam fugir da Líbia naufragou na costa do país do norte da África.

 

Veja também:

especialLinha do Tempo: 40 anos da ditadura na Líbia

blog Arquivo: Kadafi nas páginas do Estado

especialInfográfico: A revolta que abalou o Oriente Médio

especialEspecial: Os quatro atos da crise na Líbia

especialCharge: O pensamento vivo de Kadafi

 

Uma porta-voz do Acnur, Laura Boldrini, afirmou que a agência tenta confirmar o que ocorreu com os passageiros quando a embarcação sofreu um problema no mar, na sexta-feira.

Testemunhas que estavam em outro barco relataram que viram a embarcação se partir e também corpos flutuando no mar. A porta-voz do Acnur disse hoje que pelo menos três barcos partiram da Líbia nos últimos meses com muitos imigrantes, mas não chegaram à Itália.

 

A Líbia sofre há meses com um quadro de violência e instabilidade, em meio a confrontos entre as forças do governo de Muamar Kadafi e oposicionistas que exigem sua saída do posto. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.