Barco com imigrantes ilegais naufraga na Sicília

Um barco de madeira que transportava imigrantes clandestinos naufragou próximo à ilha siciliana de Lampedusa, informaram nesta sexta-feira autoridades italianas. Doze cadáveres foram encontrados e dezenas de pessoas continuam desaparecidas.Segundo as fontes, pelo menos 11 pessoas foram resgatadas com vida do mar. De acordo com o prefeito de Lampedusa, Salvatore Martello, cerca de 60 pessoas, incluindo imigrantes provenientes de Nigéria, Sudão e Turquia, estavam a bordo quando a embarcação naufragou nesta quinta-feira à tarde.Nesta sexta-feira, navios da marinha, aviões e helicópteros vasculhavam as águas entre o Morte da África e a pequena ilha de Lampedusa 20 horas depois do naufrágio. "Estamos próximos do limite", disse Giuseppe Zaccaria, uma autoridade portuária em Palermo, capital da Sicília. "Seria difícil encontrar alguém com vida agora, mas não impossível."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.