Barco da organização Women on Waves chega ao México para prestar serviço gratuito de aborto

Equipe passará três dias no local e atenderá mulheres com até nove semanas de gestação que queiram interromper a gravidez

O Estado de S.Paulo

21 Abril 2017 | 00h05

MÉXICO - O barco Women on Waves (Mulheres nas Ondas, em tradução literal) chegou à costa mexicana pelo Pacífico nesta quinta-feira, 20, para dar início a uma visita de três dias em que prestará serviços a mulheres, com até nove semanas de gestação, que queiram abortar. O procedimento médico é realizado gratuitamente. 

A organização sem fins lucrativos foi fundada em 1999 por uma médica holandesa. Em um comunicado, informaram que o barco conta com todas as permissões requeridas pelo México e já iniciou sua campanha, com a qual atenderá as mulheres até o próximo domingo, 23. “Os serviços prestados a bordo são regidos pelos mais elevados padrões médicos internacionais e recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS)”, disse a equipe.

A ação, que terá como centro de operações o balneário de Ixtapa, no sul do estado de Guerrero, lembrou que no México o aborto é legal em casos de violência sexual, mas a lei “nem sempre se cumpre para garantir o acesso ao serviço”. “Essa campanha de direitos humanos quer dar visibilidade à necessidade de abortos seguros em todo o México, assim como a solidariedade das mulheres de todo o mundo”, declarou a organização.

Women on Waves pede que todos os estados mexicanos cumpram com as normas em vigor e com a Lei Geral de Vítimas, “que dispõe sobre o acesso sem obstáculos ao aborto por vitimas de violência sexual”.

Na Cidade do México, capital do país, o aborto é legal há dez anos e, segundo dados da ONG Serviços Internacionais de Assessoria sobre a Gravidez, quase 38.800 abortos legais foram realizados na capital entre os anos de 2007 e 2015. /EFE

Mais conteúdo sobre:
OMSMéxicoCidade do México

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.