Barco francês segue sozinho rumo à Faixa de Gaza

O único barco da flotilha que conseguiu partir em direção à Faixa de Gaza seguia hoje para o território costeiro palestino com o objetivo de romper o bloqueio imposto por Israel. O iate MV Dignite/Al Karama, que deixou as águas territoriais da Grécia na manhã de ontem, está a caminho de Gaza, disse o porta-voz da campanha Barco Francês para Gaza à agência France Presse.

AE, Agência Estado

06 de julho de 2011 | 15h36

Segundo Thomas Sommer-Houdeville, as 12 pessoas a bordo não perderam a esperança de que receberão a companhia de outras embarcações, que deveriam ter iniciado seu percurso na semana passada. "Eles estão indo muito bem", disse por telefone, de Atenas. Segundo ele, a embarcação tomou a direção de Gaza na tarde de ontem, após esperar por várias horas, em águas internacionais, se os ativistas gregos, noruegueses e suecos a bordo do MV Juliano conseguiriam zarpar.

"Na tarde de ontem, nossos colegas gregos (a bordo do MV Juliano) não conseguiram partir, então decidimos começar a navegar lentamente" na direção da Faixa de Gaza, disse ele após conversar com ativistas a bordo do Dignite. Os ativistas pró-palestinos a bordo do MV Juliano deveriam tentar partir de um porto grego ainda hoje, apesar de ter sido obrigado a voltar um dia antes, disse um legislador sueco que vai participar da ação.

A maioria dos dez barcos que devem se juntar ao comboio está presa em portos gregos, depois que Atenas impôs uma proibição de partida para qualquer embarcação destinada a Gaza. Outro navio, o irlandês MV Saoirse, passa por reparos num porto turco após danos em seu propulsor que, segundo ativistas, foram resultado de "sabotagem" de Israel. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GazaflotilhabarcosGréciaIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.