Barco vira com 200 haitianos a bordo

Imigrantes tentavam fugir da Guarda Costeira e bateram num recife

Associated Press

28 de julho de 2009 | 04h11

Um barco que transportava cerca de 200 imigrantes ilegais haitianos virou perto das ilhas Turcas e Caicos, no Mar do Caribe, na noite da segunda-feira, 27. As informações da Guarda Costeira americana.

 

Um sobrevivente disse que o barco atingiu um recife ao tentar escapar de uma patrulha. Cerca de 70 passageiros conseguiram se segurar nos recifes e quatro corpos foram resgatados, disse Sabrina Elgammal, porta-voz da Guarda Costeira de Miami. O restante dos passageiros estão presumivelmente mortos.

 

"Nosso principal objetivo agora é apenas para retirar as pessoas da água e lhes prestar auxílio médico", disse Elgammal.

 

Segundo os relatos dos sobreviventes, o barco havia saído para o mar há três dias, levando entre 160 e 200 pessoas quando a embarcação virou perto desta ilha ao sudeste das Bahamas, depois de ter avistado um navio policial e tentar se esconder atrás da cadeia de recifes.

 

Haitianos rotineiramente superlotam embarcações precárias na esperança de fugir da pobreza na nação mais pobre do Hemisfério Ocidental, em direção a países do Caribe e da América Central, além dos Estados Unidos.

 

Em Maio de 2007, uma corveta transportando mais de 160 migrantes virou ao largo das Ilhas Turcas e Caicos. Algumas das vítimas foram comidas por tubarões. Em maio, um barco transportando cerca de 30 haitianos migrantes acidentou-se na costa da Flórida, matando pelo menos nove pessoas, incluindo uma mulher grávida.

Tudo o que sabemos sobre:
Haitiimigrantespobrezaacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.