Barcos-bomba atacam terminal de petróleo no Iraque

Três barcos explodiram quando se aproximavam de terminais petrolíferos na costa do Iraque. Dois marinheiros da coalizão morreram, quatro foram feridos. É o primeiro ataque marítimo contra instalações petrolíferas iraquianas desde março de 2003, quando as forças norte-americanas invadiram o país. Desde então, rebeldes têm ocasionamente atacado o sistema de escoamento de petróleo, para abalar a exportação do produto, vital para a economia iraquiana.A primeira explosão ocorreu após uma patrulha marítima da coalizão avistar uma pequena embarcação perto do principal terminal de escoamento de petróleo do país, em Basra. Quando uma equipe se aproximava para abordagem, a embarcação explodiu. Lançados na água, dois tripulantes morreram, e quatro ficaram feridos. O porto de Basra foi fechado. Outros dois barcos explodiram nas proximidades de tanques de armazenamento de petróleo. Aparentemente, não houve danos às instalações.Os barcos-bomba usados neste sábado lembram os ataques contra um navio americano no Iêmen, em 2000, em que morreram 17 marinheiros; e dois anos depois contra um cargueiro francês, também na costa do Iêmen, quando um tripulante morreu. Ambos os atentados foram atribuídos a Osama bin Laden.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.