Base da Al-Qaeda pode ser em Milão

Relatório do Departamento do Tesouro norte-americano, divulgado pela imprensa italiana, diz que a base européia da Al-Qaeda - a organização terrorista de Bin Laden - é em Milão. Mais exatamente, no Centro Islâmico Italiano, cuja sede fica em Via Jenner. Dali sairiam armas, homens, documentos falsos e dinheiro para várias partes do mundo. A conexão entre o terrorista bilionário saudita e o centro islâmico seria encoberta pelas atividades de uma empresa de comercio de mel. A "Al-Shifa Honey Press", com sede no Yemen e administrada por Mahmud Abu al-Fatuh Muhamad, que teria fortes ligações com o instituto de Milão. Mahmud é uma das 39 pessoas e empresas suspeitas de relacionamento com Bin Laden que as autoridades americanas estão investigando, após ter bloqueado suas contas bancárias. As acusações contra o centro islâmico baseiam-se em investigações precedentes e principalmente nas declarações de um integralista arrependido - Houssaine Kherchtou, que morou em Milão por algum tempo. Leia o especial

Agencia Estado,

15 Outubro 2001 | 15h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.