Base polonesa é atacada no Iraque

Soldados poloneses transformaram-se em alvo de morteiros disparados por tropas supostamente leais a Saddam Hussein horas antes de assumirem o comando das operações na província iraquiana de Kerbala, informou em Varsóvia o ministro da Defesa da Polônia, Jerzy Szmajdzinski.Diversos projéteis foram disparados no fim da noite contra a base militar polonesa na cidade de Kerbala, errando o alvo e sem causar danos nem deixar feridos, disse Szmajdzinski. De acordo com a imprensa polonesa, sete projéteis foram disparados.A província de Kerbala foi a primeira a ser entregue pelos fuzileiros navais dos Estados Unidos a uma força multinacional liderada pela Polônia, que será responsável por três áreas de estabilização no pós-guerra iraquiano.A Polônia enviou aproximadamente 2.400 soldados ao Iraque e comandará uma força de 9.500 homens numa área de 80.000 quilômetros quadrados no centro-sul do país, entre posições atualmente ocupadas por Estados Unidos e Grã-Bretanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.