Bastos recebe pais de brasileira que desapareceu nos EUA

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, reúne-se hoje com Orlando e Tânia Maria Vicentini, pais da estudante Carla, desaparecida há mais de dois meses nos Estados Unidos. O encontro será às 17h30 no ministério. A universitária paranaense de Goioerê foi vista pela ultima vez em companhia de um norte-americano, no dia 9 de fevereiro, na cidade de Newark, no estado de Nova Jersey. Com 22 anos, a brasileira seguiu para a América no dia 18 de janeiro com o objetivo de estudar inglês por meio de uma agência de intercâmbio. Segundo a Radiobrás, em Brasília, antes do encontro com o ministro, a mãe de Carla, Tânia Maria Vicentini, participa de audiência pública na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Emigração Ilegal. A reunião de deputados e senadores integrantes da CMPI começa às 11 horas no Senado.

Agencia Estado,

26 Abril 2006 | 07h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.