BBC confirma que David Kelly era sua fonte

O cientista David Kelly, encontrado morto na última quinta-feira, era efetivamente a fonte que levou a BBC a afirmar que o documento sobre a situação no Iraque havia sido "esquentado", disse hoje a própria rede de televisão britânica. Um comunicado assinado pelo diretor de serviços jornalísticos da BBC, Richard Sambrook, revelou que Kelly estava na raiz da reportagem de Andrew Gilligan e também na das matérias assinadas sucessivamente pela jornalista Susan Watts para o programa Newsnight, transmitidas em 2 e 4 de junho passado. "Durante as últimas semanas nos preocupamos em proteger o doutor Kelly. É claro que tínhamos para com ele o dever do sigilo. Depois de sua morte, acreditamos que, para pôr fim a todas as conjecturas, é importante revelar todas as informações o mais rápido possível", diz o texto.

Agencia Estado,

20 Julho 2003 | 13h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.