BBC transmite entrevista inédita sobre armas do Iraque

O primeiro-ministro britânico, Tony Blair, reiterou estar convencido da existência de armas de destruição em massa no Iraque, no mesmo dia em que a rede de TV BBC transmitiria parte de uma entrevista com o cientista David Kelly, que se suicidou por causa de um escândalo político provocado por declarações suas à emissora.Segundo a BBC, Kelly disse na entrevista, gravada em outubro de 2002, que as armas de destruição em massa de Saddam Hussein representavam uma ameaça real. Contudo, o especialista declarou que o Iraque levaria dias ou mesmo semanas para usar essas armas. Um informe do governo elaborado antes da guerra no Iraque sustentou que tais armas poderiam ser usadas em 45 minutos.Kelly se suicidou aparentemente após ser identificado como a fonte de uma reportagem da BBC segundo a qual o governo havia "exagerado" a ameaça representada pelas armas iraquianas para justificar a invasão do Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.