BC chinês satisfeito com prognósticos da economia doméstica

O banco central da China disse neste sábado que tem feito um bom trabalho na promoção do crescimento e que continuará a implementar políticas nesse sentido, como determinado pelos líderes do país em reunião nesta semana.

REUTERS

19 de setembro de 2009 | 11h42

"Temos enviado sinais oportunos para assegurar o crescimento econômico e estabilizar a confiança do mercado e promovemos o crescimento rápido e estável da economia doméstica", afirmou o banco em comunicado publicado em seu site.

O comunicado não dá detalhes sobre políticas monetárias futuras, mas declara que seguirá as orientações dos líderes do país.

Na sexta-feira, o Partido Comunista disse ao final de importante reunião política que a China continuaria a implementar políticas monetárias "frouxas" para favorecer a recuperação econômica.

Também neste sábado, o economista-chefe da agência nacional de estatísticas, Yao Jingyuan, afirmou que a China cresceria 8 por cento neste ano, mas que isso não deveria fazer o país esquecer os seus problemas.

(Reportagem de Zhou Xin e Ben Blanchard)

Tudo o que sabemos sobre:
CHINACRESCIMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.