BC da Suíça cogita medidas para enfraquecer moeda

O presidente do Banco Nacional da Suíça (SNB, o banco central do país), Philipp Hildebrand, afirmou que a instituição está pronta para tomar "mais medidas" se isso for necessário para enfraquecer o franco suíço e dar suporte à economia do país. "Nós estamos observando os indicadores e vamos tomar mais medidas se necessário", disse Hildebrand ao semanário local NZZ am Sonntag, quando perguntado se o SNB está considerando elevar o piso da relação entre o euro e o franco para 1,30 franco.

AE, Agência Estado

06 de novembro de 2011 | 10h38

Em setembro o SNB introduziu um piso de 1,20 franco para o euro, em um movimento que pretendia enfraquecer a moeda local, que neste ano quase alcançou a paridade com o euro e ameaça prejudicar a economia do país. Nas últimas semanas, a pressão para que o SNB eleve o piso aumentou. "O valor do franco ainda está alto no nível atual", disse Hildebrand ao jornal. "Nós esperamos que o franco se enfraqueça com o tempo", acrescentou. O euro encerrou a sessão de sexta-feira a 1,2208 franco.

O presidente do SNB afirmou também que, embora a crise de dívida europeia seja alarmante, a situação econômica na Suíça e nos EUA está melhor do que em 2008. No entanto, a autoridade disse que por causa da crise atual "o crescimento vai pelo menos se estagnar" na Suíça no restante deste ano e o melhor cenário para 2012 seria um crescimento magro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
eurocriseUESuíçafranco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.