BCE: Teste de bancos não impacta empréstimos

O teste contínuo da saúde dos bancos da zona do euro não está tendo impacto significativo sobre os empréstimos bancários, disse Yves Mersch, membro do Conselho Executivo do Banco Central Europeu (BCE).

AE, Agência Estado

07 de março de 2014 | 13h48

Os bancos reduziram o tamanho de seus balanços antes do prazo final para a revisão da qualidade de ativos do BCE e isso não teve muito impacto sobre os empréstimos para as empresas, segundo Mersch.

"Não vemos que as primeiras medidas corretivas estão tendo um impacto significativo na oferta de crédito na zona do euro", disse Mersch, em comentários preparados para serem feitos em Munique. "Embora os balanços dos bancos tenham caído no final do ano passado, isso dificilmente influenciou a concessão de crédito a empresas da região", acrescentou.

Os comentários do membro do BCE levantaram dúvidas sobre a teoria de que a cautela dos bancos em relação ao teste de saúde financeira teria pesado sobre o crescimento do crédito na zona do euro.

Mersch ainda destacou os benefícios de longo prazo proporcionados pelo teste de saúde das instituições financeiras da região. Ele disse que a avaliação abrangente do BCE tornará o setor bancário mais resistente a médio e longo prazos. "E isso é muito propício para uma oferta eficiente de crédito", afirmou. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Zona do eurobceempréstimosbancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.