'Beatriz' avança até a costa mexicana no Pacífico

O furacão "Beatriz" aproximou-se nesta terça-feira da costa mexicana no Oceano Pacífico, pondo áreas turísticas e importantes portos sob aberta em virtude das fortes chuvas e inundações, informou o Centro Nacional de Furacões (CNH, na sigla em inglês), dos Estados Unidos. O furacão, de categoria 1 na escala Saffir-Simpson gerou um estado de alerta desde a localidade costeira de Zihuatanejo até os portos de Manzanillo e Lázaro Cárdenas, disse o CNH. Em Acapulco, cerca de 150 soldados foram deslocados para ajudar na evacuação de algumas casas. As autoridades disseram que cerca de 100 casas ficaram alagadas, pelo menos 20 árvores caíram com a ação do vento e por volta de 30 carros foram carregados pelas águas. Intensas chuvas também golpearam o porto de Manzanillo, com fortes rajadas de ventos. O México não tem importantes instalações petroleiras no Oceano Pacífico, porém, sua costa está repleta de praias populares, muito frequentadas por turistas americanos. O Serviço Meteorológico do México alertou sobre as chuvas intensas nos Estados de Guerrero, Michoacán, Colima e Jalisco, capazes de produzir deslizamentos de terra e inundações. O "Beatriz" é o segundo furacão da temporada no Pacífico. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.