Bebê palestino é morto a tiros

Três palestinos, incluindo um bebê de 3 meses, foram mortos a tiros por colonos judeus nos arredores da vila de Idna, próxima a Hebron, na Cisjordânia, quando retornavam de carro para a cidade após uma festa de casamento. A Autoridade Palestina responsabilizou Israel. No entanto, segundo a Rádio Israel, o desconhecido grupo Comitê para a Segurança das Estradas, formado por colonos, assumiu a autoria do atentado.O primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, condenou o ataque dos colonos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.