Bebida alcoólica ilegal mata 150 pessoas na Índia

Pelo menos 150 pessoasmorreram e 88 estão seriamente doentes no sul da Índia, depoisde ingerirem bebida alcoólica contaminada, disse a polícia naquarta-feira. A polícia disse que a maioria dos trabalhadores queingeriram a bebida moram em Estados como Karnataka e Tamil Nadue a compraram em lojas ilegais, onde é vendida em sacos. Depoisde beberem, no fim de semana, eles se sentiram imediatamentedoentes. Nas áreas rurais da Índia, é costume dos camponeses pobrescomprar bebidas alcoólicas extremamente baratas, tambémconhecidas como "bebidas do interior", já que as garrafasvendidas em lojas aprovadas pelo governo são mais caras. Na quarta-feira, as autoridades disseram que setecomerciantes em Karnataka foram presos e nove autoridades foramafastadas. "As investigações vão tentar descobrir a origem da bebida",disse R. Srikumar, diretor-geral da polícia em Karnataka, ondemais de 300 pessoas morreram de forma parecida em 1981. "Uma tragédia dessa dimensão não teria acontecido se asautoridades tivessem sido mais vigilantes", disse S.R Nayak, daComissão de Direitos Humanos de Karnataka. (Por Bappa Majumdar)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.