Bebida com metanol mata pelo menos 22 na Estônia

Vinte e duas pessoas morreram e 36 foram hospitalizadas entre domingo e hoje na Estônia, por terem bebido, no fim de semana, um destilado que continha metanol, na cidade litorânea de Parnu, ao sul da capital, Tallin. As autoridades prevêem que o número de mortos aumentará nas próximas horas. As vítimas são pessoas pobres que compraram a bebida de lugares não licenciados. Quatro pessoas foram presas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.