Belga pega 30 anos por sabotar paraquedas de amiga

Um juiz sentenciou hoje Els Clottemans a 30 anos de prisão, por ela ter sabotado sua rival sentimental e, com isso, causado a morte da mulher. O magistrado disse que a única circunstância que abranda a pena é o fato de Els ter uma saúde mental "instável".

AE-AP, Agência Estado

21 de outubro de 2010 | 12h28

A sentença foi proferida um dia após Els, de 26 anos, ter sido culpada por sabotar um paraquedas, em 2006. O objeto foi usado por uma amiga dela, com quem ela dividia um amante. O júri concluiu que Els agiu por ciúmes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.