Benazir diz que pode apoiar Musharraf

Benazir Bhutto, ex-primeira-ministra do Paquistão, anunciou que pode fechar um acordo com o presidente do país, o general Pervez Musharraf. O arranjo abriria caminho para a reeleição do presidente sem o boicote da oposição nas eleições marcadas para amanhã. Benazir, que vive no exílio em Londres, havia ameaçado, na quinta-feira, boicotar a eleição, que será feita de maneira indireta, dentro do Parlamento, para negar legitimidade a um terceiro mandato do general.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.