Bento XVI e Mubarak discutem situação de Iraque e Irã

O papa Bento XVI recebeu nesta segunda-feira o presidente do Egito, Hosni Mubarak, no Vaticano, onde falaram sobre a situação geral no Oriente Médio e, especialmente, do Iraque e do Irã, informou o porta-voz da Santa Sé, Joaquín Navarro Valls.A audiência entre o Pontífice e Mubarak, que estava acompanhado por quatro ministros e pela embaixadora egípcia no Vaticano, durou meia hora, segundo Valls, que qualificou a conversa entre ambos de "cordial".O porta-voz disse que a entrevista começou com a constatação das boas relações entre a Santa Sé e a República Árabe do Egito e da situação das relações inter-religiosas naquele país."O encontro permitiu revisar os temas relativos às perspectivas de uma paz estável no Oriente Médio. Tiveram um profundo intercâmbio de idéias sobre a situação no Iraque e também discutiram os assuntos relacionados ao Irã", concluiu o porta-voz.Mubarak, que chegou segunda-feira a Roma, procedente de Viena, como parte de uma viagem européia que iniciou a semana passada, foi recebido à entrada do Vaticano por 12 guardas suíços.Bento XVI presenteou a Mubarak e seus acompanhantes com medalhas do Pontificado e um rosário à única mulher presente. Mubarak, porsua vez, entregou ao Papa uma caixa de prata com uma inscrição em árabe.Por ocasião da chegada de Mubarak a Roma se reforçaram as medidas de segurança na cidade, especialmente na Via da Conciliação, queconduz ao Vaticano, de onde foram retirados todos os veículos estacionados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.