Bento XVI: Joana D'Arc é exemplo para líderes mundiais

O papa Bento XVI disse hoje que os líderes atuais fariam bem em seguir o exemplo de Joana d''Arc, a santa francesa julgada por heresia e queimada em uma fogueira por defender suas convicções. O pontífice destacou a vida da religiosa do século XV durante sua audiência semanal, em que durante os últimos meses ele tem aproveitado para destacar mulheres importantes na história da Igreja Católica.

AE, Agência Estado

26 de janeiro de 2011 | 14h15

Joana d''Arc conduziu os franceses a diversas vitórias sobre os ingleses, durante a Guerra dos Cem Anos. Foi julgada por heresia e bruxaria e queimada em uma fogueira em 1431. Sua condenação foi anulada mais tarde e ela acabou canonizada, em 1920. Bento XVI afirmou que Joana d''Arc é "um exemplo de santidade para os laicos que trabalham na vida pública, particularmente durante as situações mais difíceis". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Bento XVIVaticanoJoana D'Arc

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.