Berlusconi busca aliados para manter governo

Os partidários do primeiro-ministro Silvio Berlusconi lutavam hoje para conseguir apoio suficiente para assegurar a sobrevivência do governo antes do discurso do premiê nesta semana no Parlamento, onde a ruptura com um importante aliado coloca em risco a maioria do governo conservador.

AE-AP, Agência Estado

27 de setembro de 2010 | 18h03

Na próxima quarta-feira, Berlusconi vai se dirigir à Câmara dos Deputados onde, pelo menos no papel, perdeu a maioria quando o líder da direita Gianfranco Fini rompeu formalmente a coalizão de governo. Auxiliares do primeiro-ministro tentavam conquistar os legisladores "mais moderados" do grupo de Fini "a ampliar a maioria", afirmou o senador Gaetano Quagliariello.

A tentativa envolve também os centristas que estão fora da coalizão, dentre eles os ex-democrata-cristãos que às vezes apoiam o governo, mas que até agora não se interessaram em apoiar Berlusconi em razão da expectativa de que eleições antecipadas possam favorecê-los.

Tudo o que sabemos sobre:
governoItáliaSilvio Berlusconi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.