Berlusconi culpa obra irregular por enchentes em Gênova

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, disse que as construções irregulares são em parte responsáveis pelas enchentes devastadoras que deixaram pelo menos seis mortos na cidade portuária de Gênova.

AE, Agência Estado

05 de novembro de 2011 | 12h53

"É evidente que havia construções em áreas em que não deveriam existir", disse Berlusconi. Ele acrescentou que as autoridades vão buscar formas de corrigir o problema para que as enchentes não voltem a ocorrer.

As chuvas torrenciais que atingiram Gênova e o litoral ocidental da Itália na sexta-feira provocaram o transbordamento de pelo menos dois rios. Berlusconi disse que foi "terrível" ver as águas subindo.

Pelo menos outras nove pessoas morreram em enchentes ocorridas no fim de outubro na Ligúria e na vizinha Toscana. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Itáliaenchentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.