Berlusconi diz que é ´Jesus Cristo da política´

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, provocou uma nova polêmica entre políticos do país ao se comparar a Jesus Cristo. O comentário foi feito durante um jantar com seus partidários, no sábado, na cidade de Ancona, que era parte dos preparativos para a eleição geral em abril."Sou o Jesus Cristo da política", disse o primeiro-ministro. "Sou uma vítima paciente, que agüenta tudo e se sacrifica por todos."O parlamentar da oposição Marco Rizzo disse que a comparação é "grotesca". Mas simpatizantes de Berlusconi alegam que ele quis usar uma expressão muito comum entre os italianos - "Povero Christo" ("Pobre Cristo") - para se referir a alguém que consideram um sofredor.NapoleãoNa sexta-feira, o premiê já havia despertado reações de ridicularização quando se comparou ao imperador francês Napoleão Bonaparte, ao descrever todas as realizações dos seus cinco últimos anos no governo.Líderes da oposição responderam dizendo que em breve "o premiê vai encontrar seu Waterloo" - uma referência à batalha em que Napoleão foi derrotado pelos britânicos.Pesquisas de opinião sugerem que Berlusconi está atrás de seu principal oponente, o líder da oposição Romano Prodi, por uma diferença de até cinco pontos porcentuais.PropagandaMas o primeiro-ministro diz não acreditar nos principais institutos de pesquisa. Ele encomendou sua própria sondagem, que mostra que ele lidera a corrida eleitoral com uma pequena margem.As cidades italianas já estão decoradas com cartazes de propaganda política de Berlusconi. Em Roma, alguns pôsteres foram cobertos por pichações com dizeres irônicos, no dialeto local.Há uma tradição de séculos que "permite" a pichação política nos muros da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.