Berlusconi diz que não é santo, após escândalo

O premiê italiano, Silvio Berlusconi, reagiu ontem às acusações de envolvimento com prostitutas e participação em orgias dizendo que não é santo. Depois da publicação de diversas fotos que mostram homens e mulheres nus na casa do premiê na Sardenha, uma revista italiana publicou esta semana um suposto diálogo entre Berlusconi e uma prostituta. Na gravação, duas pessoas discutem o preço a ser pago por uma noite de sexo. A prostituta assegura que ela mesma levou a gravação à Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.