Berlusconi é condenado a 4 anos de prisão

O ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi foi condenado nesta sexta-feira a quatro anos de prisão por fraude tributária e teve os direitos políticos cassados por três anos.

Agência Estado

26 de outubro de 2012 | 12h57

Berlusconi foi considerado culpado de evasão fiscal no caso envolvendo a compra de direitos para transmitir filmes e programas de televisão norte-americanos na Itália em nome da Mediaset.

O tribunal acatou o argumento da promotoria de que os direitos foram comprados por intermédio de empresas offshore por valores subfaturados.

O ex-primeiro-ministro é proprietário da Mediaset, a maior emissora privada de televisão da Itália. Ele pode recorrer da condenação.

O mesmo tribunal que condenou Berlusconi acabou por absolver Fedele Confalonieri, presidente da Mediaset, de acusação similar.

Tanto Berlusconi quanto Confalonieri negaram que tenham cometido irregularidades. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ItáliaBerlusconi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.