Berlusconi é investigado por fraude fiscal

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, e outros dirigentes de seu grupo de comunicação, a Mediaset, serão investigados por fraude fiscal. A Promotoria de Roma suspeita de evasão fiscal na emissora Redes Televisivas Italianas (RTI), que era controlada pela Mediaset. O inquérito surge de investigações sobre suposto superfaturamento na compra de direitos de transmissão de filmes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.