Berlusconi: governo eleva ajuda emergencial em L'Aquila

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, afirmou que a reconstrução da região atingida pelo terremoto da última segunda-feira vai custar bilhões de euros. Berlusconi disse que o total de mortos em consequência da tragédia no centro da Itália chegou a 279, incluindo 20 crianças e adolescentes. Berlusconi informou também que o governo aumentou o valor alocado para ajuda emergencial para 100 milhões de euros (US$ 132,73 milhões).

AE-AP, Agencia Estado

09 de abril de 2009 | 13h19

A cidade medieval de L''Aquila começou a voltar lentamente ao normal hoje, à medida que comerciantes reabrem suas lojas três dias depois do tremor de terra que deixou o centro histórico inabitável e interrompeu quase todas as atividades comerciais do local.

Tudo o que sabemos sobre:
ItáliaterremotoBerlusconi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.