Berlusconi passa ''cantada'' em médica

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, encheu seu baú de gafes com mais um deslize. Ontem, ele "cantou" uma médica da equipe de socorro às vítimas do terremoto de Abruzzo. "Não me importaria em ser ressuscitado por você", disse o premiê. Fabiola Carrieri, a médica, nem ligou. "Espero nunca ter de ressuscitá-lo", respondeu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.