Berlusconi pode aceitar eleições antecipadas

O premiê italiano, Silvio Berlusconi, afirmou ontem que aceitará eleições antecipadas em dezembro caso perca o apoio do Parlamento. Depois da ruptura, em julho, com seu aliado Gianfranco Fini, atual presidente da Câmara dos Deputados, Berlusconi perdeu a maioria parlamentar. Para tirar a Itália da crise política, o primeiro-ministro propôs submeter um novo programa de governo ao Parlamento, que poderia mantê-lo no cargo pelo menos até 2013, quando haverá nova eleição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.