Berlusconi sofre derrota em cruciais eleições locais

A coalizão do primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, teve uma grande derrota em importantes eleições locais em Milão e Nápoles, como mostrou uma contagem parcial dos votos divulgada hoje. Segundo os números iniciais, a candidata de centro-direita de Milão, a atual prefeita Letizia Moratti, ficou com apenas 44,9% dos votos, na cidade de origem e base política de Berlusconi. Já o candidato de centro-direita, o advogado Giuliano Pisapia, apareceu com 55,1% dos votos.

AE, Agência Estado

30 de maio de 2011 | 12h32

Em Nápoles, o ex-procurador Luigi De Magistris derrotou seu rival, o candidato de centro-direita Gianni Lettieri, com um surpreendente 65% contra 35%. A derrota em Milão, a primeira em duas décadas, pode ser um revés fatal para o líder italiano e seu governo cada vez mais dividido, que luta para enfrentar uma crise econômica e reduzir a pesada dívida pública italiana.

Berlusconi sofreu uma surpreendente derrota na primeira rodada de eleições, em 15 e 16 de maio, quando a centro-esquerda manteve com facilidade Turin e Bolonha sob seu comando. Além disso, provocou na ocasião o segundo turno em Nápoles e Milão, que eram bases da centro-direita.

As eleições locais são vistas como um teste para a capacidade de Berlusconi manter unida sua aliança de governo com a Liga Norte, de extrema-direita. Nos últimos seis meses, o premiê foi acusado de fazer sexo com uma prostituta menor de idade e depois de obstruir a Justiça para ajudá-la. Ele afirma ser inocente.

Berlusconi depositava muitas esperanças na eleição em Milão, que segundo ele seria um referendo sobre sua administração. Porém, nos últimos dias o primeiro-ministro garantiu que, mesmo se perdesse, completaria seu mandato até 2013. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BerlusconieleiçõesItália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.