Bermudas congela bens de Pinochet

Atendendo a umasolicitação da Justiça espanhola, o governo das Bermudascongelou os bens do ex-ditador chileno Augusto Pinochet noarquipélago britânico. A Chancelaria britânica havia recebido na sexta-feira umpedido para congelar os ativos de Pinochet em uma empresasubsidiária da Standard Life Assurance nas Bermudas, informouhoje o jornal The Royal Gazette, de Hamilton, capital doarquipélago. O jornal acrescentou que se desconhece o montante dosbens que o ex-mandatário e sua família possam ter na empresa, eo vice-governador local, Tim Gurney, não quis confirmar nemdesmentir o nome da companhia em que os ativos foram congelados. Gurney declarou ao Gazette ter recebido o pedido daJustiça espanhola, feito através da Chancelaria britânica, emrelação a "determinados ativos nas Bermudas. Como as Bermudasparticipam das convenções internacionais, a ação foi adotada nofim de semana e os ativos foram congelados". O pedido ao governo britânico partiu do juiz espanholBaltasar Garzón, com a intenção de manter congelados os bens dePinochet. Garzón foi frustrado no ano passado em sua intenção deobter a extradição de Pinochet da Grã-Bretanha para a Espanhapara julgá-lo por supostos crimes políticos de abusos contra osdireitos humanos cometidos durante seus 17 anos de governo. No Chile, um dos advogados de Pinochet negou que oex-ditador tenha contas bancárias nas Bermudas, e disse que porisso o embargo ordenado pelo juiz Garzón não teriaconseqüências. "Não existem contas desta natureza nem nas Bermudas nemem qualquer outra parte", disse o advogado José MaríaEyzaguirre, contradizendo o vice-governador das Bermudas. Paraele, o embargo "seguramente é parte da campanha que existe nomundo inteiro contra o general, para tentar manchar seu nome e odas Forças Armadas" chilenas. A Standad Life é administrada pela empresaFreisenbruch-Meyer Insurance Services Ltd, nas Bermudas, eMichael Freisenbruch declarou ao jornal que não estava emcondições de formular nenhum comentário sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.