Bersani deixará decisão sobre governo para Napolitano

O líder do bloco de centro-esquerda da Itália, Pier Luigi Bersani, disse que apresentará ao presidente italiano Giorgio Napolitano na quinta-feira o resultado de suas consultas sobre a formação de uma aliança para governar o país um mês depois de uma eleição inconclusiva. "Eu preciso levar (para o presidente Giorgio Napolitano) um avaliação conclusiva, com base em números e avaliações políticas", afirmou Bersani em um entrevista coletiva em Roma, acrescentando que o presidente decidirá então sobre como proceder.

Agência Estado

27 de março de 2013 | 15h05

Bersani, que é líder do Partido Democrático, sofreu um revés nesta quarta-feira quando o Movimento Cinco Estrelas, liderado pelo ex-comediante Beppe Grillo, rejeitou suas propostas. O movimento emergiu com uma posição influente nas negociações de coalizão.

Bersani venceu por uma margem estreita as eleições, mas ficou sem uma maioria no Senado. O apoio do Movimento Cinco Estrelas, que ficou com quase um quarto dos votos, daria a ele a maioria na Câmara Alta que ele precisa para governar.

Se as negociações de Bersani forem inconclusivas, o presidente poderá pedir para outra pessoa liderar os esforços para formar um governo. O presidente não pode convocar novas eleições nos termos da Constituição, visto que ele está nos últimos meses de seu mandato. Um novo presidente deve ser eleito pelo Parlamento até 15 de maio.

Os atrasos estão impedindo a Itália de avançar com as reformas prometidas para aliviar a pesada carga da dívida e evitar mais punição dos mercados financeiros.

Bersani tinha uma reunião marcada com representantes de sua coalizão de centro-esquerda ainda nesta quarta-feira. Ele descartou a possibilidade de uma aliança com o ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, cujo bloco de centro-direita é a segunda maior força no Parlamento. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
ItáliaBersanigovernoNapolitano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.