Bersani e Berlusconi discutem votação presidencial

O líder da centro-esquerda da Itália, Pier Luigi Bersani, se reuniu na terça-feira com o rival político e ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi para discutir a iminente eleição de um novo presidente, visto as eleições gerais terminaram em um impasse há mais de um mês.

AE, Agência Estado

09 de abril de 2013 | 22h56

Berlusconi deixou a reunião de uma hora sem fazer comentários.

O Parlamento deve iniciar a votação para novo presidente no próximo dia 18.

A centro-esquerda venceu as eleições dos dias 24 e 25 de fevereiro, mas não conseguiu votos suficientes para uma maioria absoluta no Parlamento. O partido de Berlusconi, de centro-direita, ficou em segundo lugar.

Mais reuniões serão realizadas para discutir a substituição do atual presidente Giorgio Napolitano, de 87 anos, de acordo com Angelino Alfano, porta-voz que representa o partido Povo da Liberdade, de Berlusconi.

Enrico Letta, vice-líder do Partido Democrático, de Bersani, disse que a reunião foi "útil para esclarecer os critérios para a seleção de um tipo de personalidade que pode representar a unidade do país". "Nós não discutimos nomes. Primeiro, os critérios precisam ser definidos", disse ele. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
iTÁLIAELEIÇÃO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.