Bibi critica Alemanha por voto sobre Palestina

Em uma entrevista ao jornal alemão Die Welt, publicada horas antes de sua chegada a Berlim, onde se encontrou com a chanceler Angela Merkel (foto), o premiê israelense, Binyamin Netanyahu, afirmou estar "decepcionado" com a abstenção da Alemanha na votação em que a Palestina foi reconhecida como Estado observador da ONU. "Creio que a chanceler Merkel pensou que essa decisão seria útil, de uma maneira ou de outra, para a paz. Mas, na realidade, ocorreu o contrário", disse o premiê israelense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.