Bicicletas-bomba matam 13 e ferem 50

Duas bicicletas-bomba explodiram ontem em um mercado em Hyderabad, no sul da Índia, deixando 13 mortos e mais de 50 feridos, segundo o Ministério do Interior. As explosões ocorreram a uma distância de 150 metros uma da outra. Oito pessoas morreram em um dos locais, e três no outro. Nenhum grupo reivindicou a autoria dos ataques, o que levou as autoridades a decretar estado de alerta nas principais cidades do país, como Nova Délhi e Mumbai. O governo qualificou as explosões como um ataque terrorista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.