BID anuncia US$ 200 mil para auxiliar Haiti após tremor

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) informou hoje que vai liberar uma doação de emergência de US$ 200 mil para o Haiti. O país caribenho sofreu ontem um forte terremoto e autoridades estimam que o número de mortos pode chegar à casa dos milhares.

AE, Agencia Estado

13 de janeiro de 2010 | 11h36

O presidente do BID, Luis Alberto Moreno, afirmou que a instituição "aprovará imediatamente uma doação de emergência de US$ 200 mil", segundo nota divulgada no site do banco. "Essas doações podem ser utilizadas para prover alimentos, água, medicamentos e refúgio a vítimas de desastres naturais", disse.

O BID acompanhará a situação e se disse pronto a ajudar o Haiti para enfrentar a catástrofe. Além disso, Moreno afirmou que o órgão está em contato com outros doadores para "trocar informação e coordenar ações de resposta".

Conab

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) enviará hoje 14 toneladas de alimentos, como açúcar, leite em pó, sardinha e fiambre, às vítimas do terremoto que atingiu ontem o Haiti. Os produtos serão transportados em avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e fazem parte dos estoques adquiridos pela estatal e mantidos no Armazém de Ajuda Humanitária Internacional, no terminal de cargas do Aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro.

Conforme comunicado da Conab, a operação, coordenada pelo Itamaraty e Defesa Civil Nacional, prevê uma segunda remessa, com mais 14 toneladas de alimentos, que seguirão para aquele país na sexta-feira. O Haiti é um dos países mais pobres das Américas e possui uma das maiores densidades demográficas do planeta.

Tudo o que sabemos sobre:
HaititerremotoBIDdoação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.