Josua Roberts/Getty Images/AFP
Josua Roberts/Getty Images/AFP

Biden acredita que haverá outro ataque em Cabul nas próximas 24 a 36 horas

Presidente americano afirmou que situação no terreno continua extremamente perigosa

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2021 | 18h02

WASHINGTON- O presidente dos EUA, Joe Biden, afirmou neste sábado, 28, ser altamente provável que outro ataque ao aeroporto de Cabul ocorra nas próximas 24 a 36 horas.

"A situação no terreno continua extremamente perigosa e a ameaça de ataques terroristas no aeroporto continua alta", disse ele em um comunicado.

O presidente fez essas declarações após se reunir com sua equipe de segurança nacional, composta por generais e membros de seu governo.

Ele afirmou ter pedido a altos funcionários militares no Afeganistão que tomem "todas as medidas necessárias" para proteger os soldados enquanto eles continuam sua missão de retirar cidadãos americanos e colaboradores afegãos antes do dia 31 de agosto, prazo máximo para conclusão da operação.

Na reunião deste sábado, a equipe de segurança nacional também informou o presidente do ataque americano que matou dois membros de alto escalão do Estado Islâmico (EI) em retaliação aos atentados terroristas da última quinta-feira no aroporto de Cabul.

Biden afirmou que o contra-ataque americano deste sábado "não será o último". “Continuaremos perseguindo qualquer pessoa envolvida naquele ataque hediondo e faremos com que paguem por isso. Responderemos sempre que alguém tentar prejudicar os EUA ou atacar nossas tropas. Isso é algo que nunca deve estar em dúvida”, disse ele.

Os Estados Unidos estão em alerta máximo desde o ataque de quinta-feira. Neste sábado, o Pentágono disse que ainda há ameaças "muito reais" e "muito dinâmicas" contra as tropas em Cabul. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.