Biden acredita que regime sírio usou armas químicas

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que não há dúvidas de que o governo da Síria, comandado pelo presidente Bashar Assad, é responsável pela utilização de armas químicas no país. As declarações de Biden reforçam a posição de que o regime sírio é culpado pelos ataques contra civis no dia 21 de agosto em Damasco.

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2013 | 05h05

Em discurso durante a convenção nacional da Legião Americana, o vice-presidente acredita que o governo sírio seria o único ator da guerra civil capaz de possuir armas químicas.

A Casa Branca disse que o presidente norte-americano, Barack Obama, ainda não definiu como responderá ao ataque. O Pentágono informou que as forças militares dos Estados Unidos estão prontas para atacar a Síria caso Obama ordene. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
euabidensíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.